Autor Tópico: Gp do dão 13/14 maio 2017  (Lida 3446 vezes)

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
Gp do dão 13/14 maio 2017
09/Mai/17, 09:25



Livro técnico da prova, incluindo os percursos e horários das provas: http://www.fpciclismo.pt/ficheirossite/04052017110626.pdf

Classificacoes taça de portugal(após a 2ª prova): http://www.fpciclismo.pt/ficheirossite/30042017124753.pdf
« Última modificação: 09/Mai/17, 09:56 por Pipo21 »

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
A Taça de Portugal de Elite e Sub-23, que termina no próximo fim de semana, com a disputa do Grande Prémio do Dão, assume a designação de Taça de Portugal – Jogos Santa Casa, na sequência da afirmação dos Jogos Santa Casa como Patrocinador Oficial da Federação Portuguesa de Ciclismo. O acordo contempla também o “naming” da Taça de Portugal de Paraciclismo e da Taça de Portugal Feminina de Elite, assim como o apoio às Seleções Nacionais de Ciclismo e de Paraciclismo.

A cerimónia de apresentação do Grande Prémio do Dão, hoje realizada no Solar do Vinho do Dão, em Viseu, foi o momento escolhido para apresentar a nova designação da Taça de Portugal, assim como a camisola que será entregue aos vencedores e os troféus que premiarão os melhores.


“É com grande satisfação que encaro o início desta parceria entre a Federação Portuguesa de Ciclismo e os Jogos Santa Casa. Começamos agora uma união que, estou certo, será longa e frutuosa para ambas as instituições. A ligação entre a Federação Portuguesa de Ciclismo e os Jogos Santa Casa é, na minha opinião, natural, uma vez que junta duas instituições que fazem parte do imaginário nacional. Nós somos a federação portuguesa há mais tempo em atividade, representando o desporto popular por excelência, aquele que vai à porta das pessoas sem cobrar bilhete. Os Jogos Santa Casa são uma referência no patrocínio ao desporto, especialmente às federações desportivas”, considera o presidente da Federação, Delmino Pereira.

“Os Jogos Santa Casa têm, ao longo dos últimos anos, apoiado a promoção da prática desportiva e eventos de excelência em várias modalidades. Desde 2013, a política de patrocínios está centrada na promoção de talentos individuais e coletivos no âmbito do desporto, através do apoio aos Comités Olímpico e Paralímpico, Federações Desportivas e atletas nacionais, à valorização do esforço e do mérito desportivo, bem como, à promoção do desporto enquanto motor de coesão social e de estilos de vida saudáveis. É com orgulho que afirmamos e constatamos que, atualmente, os Jogos Santa Casa são a marca que mais apoia o desporto em Portugal. É a marca que está mais próxima das principais modalidades olímpicas, não só por via do apoio direto às Federações, como também pelos patrocínios concedidos aos Comité Olímpico e Paralímpico”, frisa a diretora de Comunicação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Maria João Matos.

Grande Prémio do Dão
A edição de 2017 da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa de Elite tem a sua final, o Grande Prémio do Dão, nos dias 13 e 14 de maio. As classificações estão ainda em aberto, esperando-se uma competição acesa entre todas as equipas profissionais e de clube portuguesas, oferecendo um espectáculo de excelência ao público do Dão e aos adeptos da modalidade em geral. Vão ainda participar três formações estrangeiras, a continental Equipo Bolivia e as equipas de clube CC Cambre/Renault Caeiro e Team Guerciotti Redondela.

O desfecho da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa está, pois, dependente do desempenho dos corredores nas duas etapas que compõem o Grande Prémio do Dão. A primeira é um contrarrelógio individual de 19,5 quilómetros, com partida e chegada em Nelas. A segunda é uma tirada em linha, que começa em Penalva do Castelo e termina em Viseu, depois de percorridos 152,4 quilómetros.

O exercício individual, pela sua extensão, é, teoricamente, a etapa mais decisiva. No entanto, o terreno de sobe e desce da região é propício a surpresas, que podem ser materializadas na segunda etapa.

O espanhol Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) chega ao Grande Prémio do Dão no comando da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa na categoria de elite, depois de realizadas as duas primeiras provas pontuáveis, a Volta à Bairrada e o Grande Prémio de Mortágua.

Antonio Angulo precisa, no entanto, de estender o desempenho de alto nível até ao Dão, uma vez que a vantagem conquistada ainda não lhe garante a Taça. Os rivais mais diretos são Daniel Mestre (Efapel), a 23 pontos do espanhol, e Domingos Gonçalves (RP-Boavista), com menos 47 pontos.

A classificação geral de sub-23 também é passível de mudança no Grande Prémio do Dão. O basco Xuban Errazquin (RP-Boavista) foi o melhor jovem na Bairrada e em Mortágua, estando na frente com uma margem confortável de 47 pontos sobre David Ribeiro e de 50 sobre Venceslau Fernandes, ambos da Liberty Seguros/Carglass.

Tal como em elite, a escala de pontuação prevê 100 pontos para o vencedor do Grande Prémio Dão. Isto significa que os sete primeiros do ranking têm na matemática uma esperança de conquistarem o troféu.

A W52-FC Porto chega ao Dão na frente da geral coletiva de elite, enquanto a Liberty Seguros/Carglass está na dianteira da geral das equipas de clube.

Apresentação
Os presidentes das edilidades que recebem as duas etapas do Grande Prémio do Dão estiveram hoje na apresentação, demonstrando a importância do evento para a região. “Este projeto é uma corrida de fundo, encarada com grande ambição pelos três concelhos que dinamizam o Grande Prémio do Dão. Gostamos de ciclismo, gostamos da nossa região e queremos que tenha eventos desportivos de relevo e também gostamos do vinho do Dão. A entrada desta competição na Taça de Portugal é um marco importante para nós”, resumiu o anfitrião da apresentação, o edil de Viseu, Almeida Henriques.

“Como concelho vinhateiro que somos tínhamos de aderir. Não sei se os ciclistas terão oportunidade de apreciar a paisagem e as vinhas, mesmo em cima do rio, mas quem vier assistir poderá usufruir também dessa componente”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho.

“Nelas continua muito grata ao convite da Câmara de Viseu para se associar a esta prova de ciclismo que promove a região e a marca Dão. É evidente que Nelas também não poderia deixar de associar-se a uma prova destas, até porque temos 1600 hectares do nosso território que são vinhas. Na ótica do ambiente e da mobilidade, o ciclismo e a bicicleta são uma dádiva. Mas é a promoção económica do território que nos faz continuar a apostar neste evento”, declarou o edil de Nelas, José Borges da Silva.

In federação portuguesa de ciclismo

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013



In Twitter oficial

Boa sorte Team!!!!
« Última modificação: 12/Mai/17, 10:47 por Pipo21 »


Offline Pedro R.

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.056
  • Desde: Jul 2015
Com um CRI de quase 20km o Gustavo tem tudo para rapar isto

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
Vamos ver a sua condição..

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013

Offline Peixinhu

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.293
  • Desde: Mai 2015
Dá para acompanhar a prova de alguma forma?

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013


Desculpem a dimensão da imagem...


Perfil do crono de hoje.
« Última modificação: 13/Mai/17, 11:37 por Pipo21 »

Offline Morais

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.732
  • Desde: Mai 2017
Existe algum meio para acompanhar essa prova?

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
À primeira vista não... infelizmente

Offline dragao86

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 12.975
  • Desde: Out 2014
O último ciclista sai às 18h05. Daqui a pouco devemos ter resultados...
« Última modificação: 13/Mai/17, 17:59 por dragao86 »

Offline André Dias

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 2.849
  • Desde: Nov 2012
Gustavo já deve ter terminado, certamente...

Offline dragao86

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 12.975
  • Desde: Out 2014
Gustavo já deve ter terminado, certamente...
Há muito... saiu às 16h19.

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
O galego Alejandro Marque (Sporting-Tavira) é o primeiro camisola amarela do Grande Prémio do Dão, depois de hoje ter vencido, com 47 segundos de vantagem, a etapa inaugural, um contrarrelógio individual de 19,5 quilómetros, disputado em redor de Nelas. Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) deu luta aos corredores de elite e foi o melhor sub-23 no arranque da final da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa.

Num percurso exigente, com muitas zonas de sobe e desce e alguns troços técnicos, Alejandro Marque teve um desempenho muito superior a todos os adversários, sendo o único a cumprir a prova em menos de 26 minutos. O galego precisou de 25m33s para cobrir os 19,5 quilómetros, pedalando à média de 45,729 km/h.


“Fiz um bom trabalho, ao longo dos últimos meses, na bicicleta de contrarrelógio. Hoje, finalmente, encontrei um exercício individual com uma distância adequada para os contrarrelogistas fazerem a diferença e aproveitei”, explica Alejandro Marque.

O segundo classificado foi Daniel Mestre (Efapel), que gastou mais 47 segundos. O terceiro foi Domingos Gonçalves (RP-Boavista), a 56 segundos de Marque. Tanto Mestre como Gonçalves aproveitaram da melhor forma a menor aptidão de Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) para os exercícios individuais - foi apenas 26.º hoje -, colocando-se como principais favoritos à conquista da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa, que se decide neste Grande Prémio do Dão.

A segunda e última etapa da corrida do Dão, a disputar neste domingo, ao longo de 152 quilómetros, entre Penalva do Castelo e Viseu, terá dupla importância, permitindo encontrar o vencedor do Grande Prémio, mas também da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa.

Alejandro Marque parte com uma margem folgada na disputa do prémio, mas sabe que a tarefa de manter a camisola amarela será complicada. “Este Grande Prémio prepara-nos sempre uma etapa de sobe e desce constante, que vai tornar-se muito difícil. No entanto, confio na nossa equipa, que está forte, como se vê pelo facto de termos três corredores nos dez primeiros”, acrescenta o galego.

Curiosamente, o adversário mais direto do corredor do Sporting-Tavira, Daniel Mestre, é dos mais interessados em que a classificação não sofra alterações, uma vez que, se tudo terminar como está, será dele o triunfo na Taça de Portugal.

Também na categoria de sub-23 o contrarrelógio deixou o comandante em estado de alerta. O basco Xuban Errazquin (RP-Boavista) não foi além da 20.ª posição e tem agora de subir na geral do Grande Prémio do Dão se quiser segurar a camisola de líder entre os sub-23.

Jorge Magalhães foi o melhor entre os mais jovens a etapa deste sábado, sendo o quarto da geral absoluta, com 26m31s. O campeão nacional de contrarrelógio sub-23, Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros/Carglass) foi o segundo melhor jovem, a 38 segundos de Magalhães, perfilando-se como sério candidato à conquista da Taça de Portugal – Jogos Santa Casa de Sub-23, caso se aguente no segundo posto da classificação da juventude na etapa de domingo. O terceiro jovem foi André Crispim (LIberty Seguros/Carglass), a 1m15s.

Classificação Etapa e Geral Individual do GP do Dão
1.º Alejandro Marque (Sporting-Tavira), 25m33s
2.º Daniel Mestre (Efapel), a 47s
3.º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), a 56s
4.º Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua), a 58s
5.º Joni Brandão (Sporting-Tavira), a 59s
6.º Álvaro Trueba (Efapel), mt
7.º Ricardo Mestre (W52-FC Porto), a 1m08s
8.º Óscar González (Sporting-Tavira), a 1m15s
9.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), a 1m16s
10.º Sérgio Paulinho (Efapel), a 1m23s

In federação portuguesa de ciclismo
« Última modificação: 13/Mai/17, 19:47 por Pipo21 »

Offline Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
7º Ricardo mestre 1:08
9º Gustavo veloso 1:16
15º amaro Antunes 1:42
18º Joao Rodrigues 1:47
22º Samuel caldeira 1:52
24º rui Vinhas 2:02
45º Tiago ferreira 2:52
55º Jacobo ucha 3:06

3º por equipas na 1ª etapa.

Classificacoes completas:
http://www.fpciclismo.pt/ficheirossite/13052017193406.pdf