Autor Tópico: Época 2017 - W52-FCPorto-Mestre da Cor  (Lida 42756 vezes)

Offline forever_porto

  • Superior
  • *
  • Mensagens: 10
  • Desde: Nov 2017
Já que a temporada de 2017 acabou , porque nao abrir um novo topico com a temporada de 2018 ?

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 18.958
  • Desde: Mar 2012
http://www.fcporto.pt/pt/Pages/fc-porto.aspx

TRIO FECHA PLANTEL DA W52-FC PORTO-MESTRE DA COR

Daniel Freitas, Ángel Rebollido e Tiago Ferreira renovam contrato por mais um ano

O plantel da W52-FC Porto-Mestre da Cor para a temporada de 2018 está completo. Daniel Freitas, Ángel Sánchez Rebollido (na foto, na vitória na segunda etapa do Grande Prémio Abimota, em junho) e Tiago Ferreira renovaram os seus contratos por mais um ano e fecham o grupo às ordens de Nuno Ribeiro.

“Representar pela terceira época a W52-FC Porto-Mestre da Cor é um orgulho. Fazer parte da melhor equipa portuguesa fez-me crescer e todos os dias querer mais. Espero que todos juntos consigamos alcançar os objetivos da equipa e eu consiga retribuir com algumas vitórias”, disse ao www.fcporto.pt o sprinter de 26 anos.

Aos 24 anos, o espanhol Ángel Sánchez Rebollido também se declarou “orgulhoso” por continuar a vestir de azul e branco: “Darei o meu melhor para a ajudar a equipa a conquistar todos os objetivos. E que seja um ano de vitórias”.

Tiago Ferreira, trepador de 23 anos que integrou este ano o projeto, também está pronto para mais uma temporada em que o principal objetivo será de novo a Volta a Portugal: “Estou aqui para ajudar a minha equipa a crescer e a cumprir tudo o que nos for proposto. Quando tiver a minha oportunidade a nível individual irei dar o meu máximo”.

Offline Northside

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 178
  • Desde: Ago 2017
A W52-FC Porto anunciou que tem o plantel fechado para a temporada 2018, com a renovação por mais um ano do trio Daniel Freitas, Ángel Sánchez Rebollido e Tiago Ferreira.

Em relação à temporada passada, a principal perda é Amaro Antunes, mas também deixam o plantel Jacobo Ucha, Joaquim Silva e Juan Pérez Martin.

Os reforços são César Fonte (ex-LA Alumínios) e José Fernandes (ex-Libery Seguros), vencedor da Volta a Portugal do Futuro em 2017

in MaisFutebol . desilusão este mercado de transferências ou é suficiente ?


Offline Pedro R.

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.056
  • Desde: Jul 2015
Estando o plantel fechado vou falar daquilo que me foi dito.

Em termos de saídas consomou-se mais ou menos o que se sabia. Amaro era dado adquirido que não se segurava, Quim Silva já é um namoro antigo da Caja Rural e se não fosse parar lá, ia para a Burgos que também demonstrou interesse na contratação. O Juan Perez foi para o Louletano, que andou a cheirar várias segundas linhas nossas (Daniel Freitas e Rebollido). O Ucha não faço a mínima do processo.

Quanto a entradas...alguns casos já falei aqui. Martingil e Daniel Mestre estiveram apalavrados para integrarem a equipa mas por diferentes motivos romperam a corda. O ciclista que falei que podia vir dependendo da certas questões era o Daniel Silva, que tem um processo em andamento por causa de um controlo positivo. O César Fonte avançou depois do rompimento do Mestre, o José Neves foi sondado no início do mercado, recusou por existirem interessados a nível internacional mas preferiu cá ficar; sondamos também o Tiago Antunes que acabou por ir para a equipa da UCI de desenvolvimento.



Online Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.114
  • Desde: Out 2016

Online Morais

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.732
  • Desde: Mai 2017
Venha a nova época e novos desafios.

Offline Pombal

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.993
  • Desde: Abr 2010
  • Membro do Mês Setembro/16
Equipa na globalidade mais fraca, mas o nucleo duro matem-se, que é o que importa (Volta)

Online Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.114
  • Desde: Out 2016
Eu estava há espera de outro tipo de contratações, sinceramente, principalmente para substituir o Amaro, mas reconheço que não é fácil substituí-lo
A contratação do José Fernandes é bastante acertada. É um ciclista com potencial. Quanto à contratação do César Fonte, não estava há espera mas reconheço que é um ciclista experiente e que na nossa equipa pode render muito mais.
Quanto a saídas a do Amaro era muito difícil compensar. Em Portugal não há ninguém com o valor dele e que estivesse ao nosso alcance. A saída do Joaquim Silva é uma perda importante, já que era um grande trabalhador, que quando tinha oportunidades apresentava resultados. Os dois espanhóis, tinham um papel secundário. O ignacio Perez apresentou alguns resultados, principalmente em chegadas rápidas mas selectivas. O Jacobo Ucha não fez uma grande época, pelo que a sua saída não me espanta.
Eu esperava pelo menos mais uma contratação, mas o facto de o número de ciclistas por prova diminuir, talvez não fizesse ter um plantel maior que os 12 ciclistas que temos para 2018

Offline K92

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.073
  • Desde: Jun 2014
Gostava que os responsáveis da equipa dedicassem mais atenção à informação.

Podiam ir postando fotos e depoimentos dos ciclistas e técnicos.
Durante os estágios, nos treinos diários, antes das provas, etc...

Criar, ainda, uma maior proximidade!

Offline apocalypto

  • Moderador
  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 51.986
  • Desde: Nov 2006
  • Membro do Ano 2016