Autor Tópico: 38º GP Abimota (15 a 18 de Junho)  (Lida 1409 vezes)

Offline Pedro R.

  • Lugar Anual
  • Tribuna
  • *****
  • Mensagens: 4.939
  • Desde: Jul 2015
Começa já amanhã, a próxima corrida do calendário nacional de ciclismo o 38º Grande Prémio Abimota, prova com algum prestígio dentro das nossas fronteira e que teve a sua primeira edição em 1977, sendo que desde aí só em 2 anos não se realizou.

A edição deste ano será composta por 4 etapas:
15 Junho – Proença-a-Nova – Belmonte

16 Junho – Penamacor – Sabugal

17 Junho – Almeida – Manteigas

18 Junho – Gouveia – Águeda

O pelotão será composto por todas as equipas nacionais continentais e de clube, além de 3 equipas espanholas de clube.

A nossa equipa terá a seguinte composição:



Para mais infos: http://www.abimota.org/desporto/38-grande-premio-abimota

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
« Última modificação: 14/Jun/17, 18:23 por Pipo21 »

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
« Última modificação: 14/Jun/17, 18:25 por Pipo21 »


Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
Ao que parece, existirá live das partidas e das chegadas, e resumos por parte da sporttv.

Veremos se melhoram em relação ao gp beiras e serra da estrela

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
O espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) ganhou em dia de Feriado do Corpo de Deus a primeira etapa do 38.º Grande Prémio Abimota, um triunfo que foi acompanhado da conquista da camisola amarela da competição. No termo dos 147,5 quilómetros entre Proença-a-Nova e Belmonte, com a meta a coincidir com uma contagem de montanha de 3.ª categoria, García de Mateos demonstrou não ter rivais à altura após um triunfo em solitário conquistado com 1m14s de avanço sobre um terceto constiuído por Filipe Cardoso, da RP-Boavista, vencedor da última edição, Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira) e David de la Fuente (Louletano-Hospital de Loulé).

García de Mateos, especialista em pista, vencedor este ano da Clássica Aldeias do Xisto, percorreu quase toda a etapa adiantado ao pelotão, inicialmente integrado na fuga de uma quinzena de corredores formada à primeira hora de corrida e, por fim, após a passagem por Castelo Branco, na companhia de mais três aventureiros, Joaquim Silva (W52-FC Porto), Luís Fernandes (Sporting-Tavira) e José Neves (Liberty Seguros/Carglass) progressivamente deixados para trás pelo pedalar do vencedor do dia.

Ao suportar a perseguição das equipas adversárias, García de Mateos brilhou numa cavalgada solitárias pelas Beiras que lhe poderá valer o triunfo final da competição, caso consiga gerir a importante vantagem conquistada até Águeda, na conclusão da quarta etapa a disputar domingo. Numa jornada assinalada pelas altas temperaturas que se fizeram sentir, a dificuldade do percurso, aliada à velocidade da corrida - com a média horária a superar os 41 km/h - fracionaram de forma considerável a classificação do dia. Por sua vez, na geral individual, e graças às bonificações, García de Mateos ampliou a liderança para 1m16s diante do mais próximo concorrente, Filipe Cardoso.

"Penso que fiz uma excelente corrida. As altas temperaturas não me assustam, na minha região até costuma fazer mais calor, e por aí não tiive qualquer problema. Estou bastante bem, senti-me com força, e tentei 'arrebentar' com a corrida, o que consegui. Estou forte e não terei problema nenhum amanhã para defender a camisola amarela", anotou o espanhol García de Mateos, 28 anos e natural de Manzanares (Ciudad Real).

Nas restantes classificações, García de Mateos revelou-se igualmente dominador, liderando a classificação por pontos, a classificação da moontanha e a classificação da camisola "bolinhas", atribuída ao vencedor de uma meta particular. Já a classificação das metas-volantes premiou, no primeiro dia, Daniel Freitas (W52-FC Porto) e, na Juventude, Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros/Carglass) é o comandante. Na classificação coletiva, a equipa do Louletano-Hospital de Loulé é a primera da tabela, seguida da Efapel.

O Grande Prémio Abimota prossegue esta sexta-feira com a disputa da segunda etapa. O pelotão participante irá percorrer 144,4 quilómetros, entre Penamacor e o Sabugal (Largo 25 de Abril, pelas 16h00). A Meta Volante bonificada estará instalada no Casteleiro (Sabugal) e a única contagem de montanha regista-se na Sortelha, sensivelmente a meio do percurso.


CLASSIFICAÇÕES
1.ª etapa: Proença-a-Nova - Belmonte, 147,5 km
1.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 3h35m14s à média de 41,1 km/h
2.º Filipe Cardoso (RP-Boavista), a 1m14s
3.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), mt
4.º David de la Fuente (Louletano-Hospital de Loulé), mt
5.º João Rodrigues (W52-FC Porto), 1m17s
6.º Rafael Silva (Efapel), a 1m19s
7.º Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), a 1m23s
8.º César Fonte (LA Aluminios-Metalusa Blackjack), mt
9.º Jesus del Pino (Efapel), mt
10.º Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros-Carglass), a 1m26s

Geral individual
1.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 3h35m04s
2.º Filipe Cardoso (RP-Boavista), a 1m16s
3.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), a 1m20s
4.º David de la Fuente (Louletano-Hospital de Loulé), a 1m24s
5.º João Rodrigues (W52-FC Porto), 1m27s
6.º Rafael Silva (Efapel), a 1m29s
7.º César Fonte (LA Aluminios-Metalusa Blackjack), a 1m32s
8.º Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), a 1m33s
9.º Jesus del Pino (Efapel), mt
10.º Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros-Carglass), a 1m36s

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
1ª etapa (geral)

5º joao Rodrigues 1:17 (1:27)
37º angel rebollido 2:32 (2:42)
38º António carvalho 2:32 (2:42)
43º Daniel Freitas 3:36 (3:36)
49º Tiago ferreira 5:19 (5:19)
60º Juan Martin 11:24 (11:34)
65º Joaquim silva 11:24 (11:34)

Jacobo ucha DNF

9º por equipas na etapa e na geral 3:44

Geral pontos: 5º joao Rodrigues
Geral montanha: 5º Joaquim silva
Geral sprint: 3º Joaquim silva
Geral metas volantes: 1º Daniel freitas

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
Etapa relativa...

Joaquim Silva andou em fuga, Freitas garantiu as metas volantes e a boa surpresa foi o 5º lugar do João Rodrigues.

Offline Pedro R.

  • Lugar Anual
  • Tribuna
  • *****
  • Mensagens: 4.939
  • Desde: Jul 2015
O António Carvalho tem de começar a carburar para a grandíssima.

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
JOÃO RODRIGUES FOI O MELHOR PORTISTA NA ABERTURA DO GP ABIMOTA

Ciclista da W52-FC Porto-Mestre da Cor terminou no quinto posto a primeira de quatro etapas da corrida

O ciclista João Rodrigues foi esta tarde o melhor entre os corredores da W52-FC Porto-Mestre da Cor na primeira etapa do Grande Prémio Abimota. O portista concluiu a tirada de 147 quilómetros, que ligou as localidades de Proença-a-Nova a Belmonte, na quinta posição, com o tempo de 3h36m31s, gastando mais 1m17s do que o vencedor da etapa. O mais rápido do dia foi o espanhol Vicente de Mateus (Louletano-Hospital de Loulé) que, depois de descolar do pelotão nos derradeiros 10 quilómetros, deixou a concorrência mais próxima a 1m14s.

Outro dos portistas em destaque no dia foi Joaquim Silva. O penafidelense chegou a integrar uma fuga de quatro elementos que durante vários quilómetros assumiu as despesas da etapa (chegou a ter cinco minutos de vantagem para o grupo principal), mas que acabaria por ser alcançada pelo pelotão.

Na sexta-feira, na segunda de quatro etapas da prova, o pelotão tem pela frente um percurso de 144,5 quilómetros, entre as localidades de Penamacor e Sabugal. Os corredores apenas terão de ultrapassar uma contagem de montanha de terceira categoria, em Sortelha, sensivelmente a meio do percurso.

In fcporto.pt

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
O António Carvalho tem de começar a carburar para a grandíssima.

Ele na volta terá que andar bem...
Senão será uma temporada onde não mostrou evolução.

Mas atenção, o Toni tem trabalhado imenso em várias provas..

Offline K92

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.020
  • Desde: Jun 2014
Muito bom trabalho Pipo! :)

Parece ser uma prova para darmos quilómetros a alguns e sem aspirações à vitória.
Um bocado surpreendido porque trata-se de uma prova importante do calendário...

A época está planeada, o seu desenho apontaria para este alinhamento no Abimota, os nossos responsáveis saberão (muito bem) o que fazem! :)

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
O nosso rebollido ganhou a etapa.

Assim que houver mais dados trago aqui.

(Ze ferreira andou integrado na fuga do dia composta por 5 ciclistas)

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
Espanhol da W52-FC Porto triunfou na segunda etapa do 38.º Grande Prémio Abimota no Sabugal. Compatriota Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé) manteve a camisola amarela.

Angel Rebollido atacou nos metros finais da chegada ao Sabugal para conquistar a vitória na segunda etapa do 38.º Grande Prémio Abimota, após 144,5 quilómetros cumpridos desde Penamacor. O triunfo do corredor portista desenhou-se na aproximação ao Sabugal, já depois de alcançada a fuga do dia que, na aproximação da montanha, na aldeia da Sortelha, foi lançada por cinco corredores - Egor Sillin (RP-Boavista), Henrique Casimiro e Sérgio Paulinho (Efapel), Hugo Sancho (LA Alumínios Metalusa Blackjack) e José Ferreira (W52-FC Porto).

A rápida aproximação à chegada, contudo, deitou os esforços dos escapados por terra permitindo a Angel Rebollido lançar o ataque que lhe deu primeira vitória da temporada. Henrique Casimiro, um dos protagonistas do dia, terminou no encalço do corredor galego da W52-FC Porto gastando mais três segundos. Filipe Cardoso (RP-Boavista) terminou na terceira posição, liderando um grupo de sete homens, entre eles o camisola amarela Vicente García de Mateos (8.º), que cortou o risco sete segundos após o vencedor do dia.


CLASSIFICAÇÕES
2.ª etapa: Penamacor-Sabugal, 144,5 km
1.º Angel Rebollido (W52-FC Porto), 3hl36m10s (à média de 40,1 km/h)
2.º Henrique Casimiro (Efapel), a 3s
3.º Filipe Cardoso (RP-Boavista), a 7s
4.º João Rodrigues (W52-FC Porto), mt
5.º Rafael Silva (Efapel), mt
6.º César Fonte (LA Aluminios-Metalusa Blackjack), mt
7.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), mt
8.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), mt
9.º Jesus del Pino (Efapel), mt
10.º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), a 13s

Geral individual
1.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), 3h35m04s
2.º Filipe Cardoso (RP-Boavista), a 1m12s
3.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), a 1m20s
4.º João Rodrigues (W52-FC Porto), 1m27s
5.º Rafael Silva (Efapel), a 1m29s
6.º César Fonte (LA Aluminios-Metalusa Blackjack), a 1m32s
7.º Jesus del Pino (Efapel), a 1m33s
8.º Henrique Casimiro (Efapel), a 1m34s
9.º Angel Rebollido (W52-FC Porto), a 2m22s
10.º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua), a 2m35s

In federação portuguesa de ciclismo

Online Pipo21

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.801
  • Desde: Dez 2013
ÁNGEL SÁNCHEZ VENCEU SEGUNDA ETAPA DO GP ABIMOTA

Ciclista da W52-FC Porto-Mestre da Cor cruzou a meta no Sabugal com três segundos de vantagem para segundo colocado

O ciclista espanhol Ángel Sánchez, da W52-FC Porto-Mestre da Cor, venceu na tarde desta sexta-feira a segunda etapa da 38.ª edição do Grande Prémio Abimota, cujos 144,5 quilómetros de extensão ligaram as localidades de Penamacor e Sabugal. Numa tirada que teve como maior dificuldade uma contagem de montanha de terceira categoria (Sortelha), mas que foi marcada por muitos altos e baixos, Sánchez demorou 3h56m10s a cruzar a meta, tendo terminado com uma média de 40,1 quilómetros por hora.

A três segundos do portista, no segundo lugar, concluiu Henrique Casimiro (Efapel), ficando o pódio completo com Filipe Cardoso. O corredor do Boavista terminou a sete segundos de Sámchez, um pouco adiantado face ao também portista João Rodrigues, que depois do quinto lugar de quinta-feira, fechou a segunda etapa no quarto posto.

Na classificação geral a camisola amarela continua na posse do espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), que parte para a terceira etapa com 1m12s de vantagem para Filipe Cardoso e 1m20s para Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira). O melhor corredor do FC Porto é João Rodrigues, que segue no quarto posto, a 1m27s do líder. Com o triunfo desta tarde, Ángel Sánchez subiu ao top-10, ocupando agora a nona posição, a 2m22s de Vicente de Mateos.

No que respeita à classificação coletiva, os Dragões são a segunda melhor formação, tendo um atraso de 5m22s para a líder Efapel.

No sábado o pelotão corre a terceira de quatro etapas da prova, que ligará as localidades de Almeida e Manteigas, numa extensão de 171,2 quilómetros.

In fcporto.pt